fbpx
Dedos depositando moeda em cofre em forma de porquinho

COMO DIMINUIR OS CUSTOS COM O MARKETING NA SUA EMPRESA

Você tem sua empresa – loja, consultório, fábrica etc. – e sempre tem a impressão de que está pagando caro demais para anunciar seus produtos ou serviços. Chama vendedores de mídia de rádio, TV, outdoor, carro de som, bola um anúncio, põe uma campanha para rodar, mas a impressão que você tem, ao perguntar para os seus vendedores, é que já faria àquelas vendas do mesmo jeito, mesmo sem anunciar nada.

Isso normalmente é o sintoma de que algo não está correndo tão bem quanto deveria com seu planejamento e execução de marketing. Por isso, vamos mostrar para você como pode melhorar e otimizar os resultados da sua empresa, resolvendo com os problemas com custo alto do marketing.

O que esperar, de verdade, do seu marketing?

O marketing de qualquer empresa, grosso modo, precisa ter uma finalidade clara: atrair pessoas que precisam dos seus produtos gerando consciência dessa necessidade, criar um relacionamento com a empresa e gerar o interesse para a compra, repassando assim uma oportunidade de vendas para a equipe de venda da empresa.

Desse momento em diante, ao receber a oportunidade, a equipe de vendas age para converter mais uma venda, seja por telefone, internet, WhatsApp ou atendendo no balcão da loja.

Esses papeis precisam ficar claros para todo o time, de forma que o processo fique o mais redondo possível e garanta que o que for feito de um lado resulte em ações compatíveis do outro, tornando todo esse trajeto mais eficiente.

Logo, teremos o efeito óbvio desse alinhamento: mais eficiência é igual à mais economia, resultados definem se o custo com marketing é bom ou ruim.

Mas tem mais para se pensar.

Qual a mídia que você escolhe veicular seus anúncios?

Um relato comum que ouvimos nas empresas que atendemos aqui na agência é da dificuldade em medir a eficiência de determinadas mídias lá na ponta, nas vendas.

Eis um dado da realidade: em alguns casos, mesmo que você conheça com muita clareza seu cliente, isso será impossível.

Veja mídias tradicionais, por exemplo. Rádio e TV até apresentam estudos de confiança sobre audiência, perfil de público, etc., mas não vão conseguir quantificar, com exatidão, quantos clientes viram ou ouviram os anúncios veiculados através deles, quantos foram impactados e quantos foram até a empresa fazer a compra.

A mesma coisa se pode dizer de mídias como outdoors, revistas e outros.

Há formas paliativas de melhorar isso, pesquisando junto ao cliente o que motivou a compra, ainda que esse formato seja sujeito a falhas, pois ele pode não saber identificar qual fator foi realmente determinante para gerar a decisão de compra.

Por isso, falo com tranquilidade que as mídias que permitem mapear completamente a jornada de compra de um cliente são as digitais.

Mídias digitais são mais baratas

Copo de vidro cheio de moedas com planta
Usando mídias digitais você ganha no longo prazo

A manutenção de sites, blogs, redes sociais e anúncios nessas mídias são infinitamente mais baratos que anunciar em mídias tradicionais. Vemos, na prática custos que ficam abaixo de um terço – ou até menos! – e que retornam muito mais resultado.

Mas como isso é possível?

Bem, o primeiro ponto é que, basicamente, todas as ferramentas têm um custo muito baixo de uso ou mesmo são de graça. Para ter uma página no Facebook ou uma conta comercial no Instagram você não precisa desembolsar nem um centavo.

O custo de anúncio nessas mídias consegue ser ainda mais atrativo. O que se gasta numa campanha de uma semana de TV numa emissora líder de audiência chega a sustentar um mês de anúncios no Facebook e Google, alcançando o mesmo número de pessoas.

E bem mais qualificado! Pois você pode escolher sexo, faixa etária, localização e mesmo interesses de quem verá seus anúncios.

Cortando as “despesas em marketing” em favor dos “investimentos em marketing”

Para qualquer empresário que valoriza a saúde do caixa de sua empresa, eis um último ponto que é importante se destacar: controle das ações.

Perceba que uma ação de marketing só é bem sucedida se trouxer resultados e estes precisam ser claros e bem discriminados.

Vendas sempre serão o ponto de chegada dentro de uma empresa. Ainda assim, haverá resultados intermediários que levarão até elas. Vitórias intermediárias que precisarão ser alcançadas.

Portanto, entender quando seu marketing está testando o mercado, montando lista de clientes potenciais, reforçando valor de marca, vendendo, dentre outras ações; o custo de execução de cada ação; e o resultado em números confiáveis e exatos virarão a chave e fará com que o que antes eram custos elevados virem investimentos inteligentes.

Paulo Venturin

O Arauto Digital

Paulo Venturin
Paulo Venturin

Audácia é fazer!
Empreendedor, publicitário e paraense.

compartilhe esse artigo

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp